Porto Alegre, quinta-feira, 25 de março de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 25 de março de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Agronegócios

- Publicada em 12h52min, 25/03/2021.

Inspetorias de defesa agropecuária receberão 62 novos veículos

Compra enfrentou problemas devido à pandemia e entrega era esperada para 2020

Compra enfrentou problemas devido à pandemia e entrega era esperada para 2020


EMERSON FOGUINHO/DIVULGAÇÃO/JC
O governado do Estado recebeu 62 veículos para inspetorias de defesa agropecuária, aguardados desde o ano passado, para reforçar a vigilância sanitária no Rio Grande do Sul. A aquisição de novos veículos é uma das exigências para quem Estado pudesse retirar a vacina contra aftosa, autorização da concedida pelo comitê científico da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) no início do mês, com novo status oficializado em maio próximo.
O governado do Estado recebeu 62 veículos para inspetorias de defesa agropecuária, aguardados desde o ano passado, para reforçar a vigilância sanitária no Rio Grande do Sul. A aquisição de novos veículos é uma das exigências para quem Estado pudesse retirar a vacina contra aftosa, autorização da concedida pelo comitê científico da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) no início do mês, com novo status oficializado em maio próximo.
A entrega dos veículos será feita nesta sexta-feira (26), na sede dos bombeiros em Porto Alegre. Em observância às medidas para conter o avanço da contaminação por Covid-19, o evento será fechado à participação do público e imprensa, contando com a presença apenas de representantes do Ministério da Agricultura, Fundesa, Farsul, Fetag e Febrac.
A renovação da frota foi uma exigência apontada pelo Ministério da Agricultura para que o Rio Grande do Sul se tornasse apto a pleitear o status sanitário de Estado livre de febre aftosa sem vacinação. Esta será a primeira leva de viaturas a serem destinadas às inspetorias do interior do Estado. Mais 31 veículos devem ser entregues nos próximos meses.
Há duas semanas, a ministra Tereza Cristina adiantou que o Rio Grande do Sul deverá ser reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como zona livre de febre aftosa sem vacinação. A decisão será homologada durante Assembleia Geral da entidade, agendada para maio.
Comentários CORRIGIR TEXTO