Porto Alegre, terça-feira, 06 de abril de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 06 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Investimentos

17/03/2021 - 20h44min. Alterada em 06/04 às 15h02min

Aurora compra estrutura de aves da Agrodanieli

Cooperativa assumirá as operações no início de maio; valor de negociação não foi divulgado

Cooperativa assumirá as operações no início de maio; valor de negociação não foi divulgado


agrodanieli/divulgação/jc
A cooperativa catarinense Aurora concluiu as negociações para adquirir a estrutura de produção de aves do grupo Agrodanieli, sediado em Tapejara, na região Noroeste do Rio Grande do Sul.
A compra inclui dois frigoríficos de aves localizados no município, um com capacidade para abate de 155 mil aves/dia no bairro São Domingos e outro de 50 mil aves/dia no bairro São Silvestre. Além disso, fazem parte uma fábrica de rações com capacidade de produção para 70 toneladas/hora, uma fábrica de subprodutos e uma estrutura de armazenagem de grãos com capacidade de 110.000 toneladas. Também foi adquirido um incubatório de aves na cidade vizinha de Ibiaçá, com capacidade aproximada de 1,7 milhão de ovos/semana. A Aurora vai assumir as operações da estrutura no começo de maio. O valor da operação não foi divulgado por nenhuma das partes.
A Aurora comunica que a equipe de trabalho do segmento de aves, de aproximadamente 2 mil trabalhadores, será mantida. No caso dos criadores de aves que fazem a base da Agrodanieli, a Aurora explica que devem se associar a uma das cooperativas que integram seu sistema e assim se tornarem produtores rurais. Esse processo terá orientação dos gestores de cada área. "a Cooperativa Central Aurora Alimentos reafirma seu compromisso com os investimentos de modernização das indústrias, aperfeiçoamento de processos e melhoria contínua das condições de produção e trabalho, tudo isso emoldurado por uma política de sustentabilidade, calcada na valorização da vida, na defesa ambiental e na integração comunitária", afirmou a cooperativa em comunicado.
De acordo com a Agrodanieli, a venda faz parte de uma mudança no foco de negócios com foco no setor de grãos. Além de manter o recebimento de soja e milho, esmagamento de soja e venda do farelo e óleo de soja degomado, a empresa está prevendo uma nova operação de adubo organomineral que deve entrar em funcionamento no fim deste ano. Em nota, a assessoria da empresa afirmou que a Agrodanieli "vai seguir investindo e criando frentes de trabalho, pois acredita no potencial econômico da região, no agronegócio e no desenvolvimento que é capaz de gerar a partir de um novo ciclo que se inicia".
Comentários CORRIGIR TEXTO

EXPEDIENTE

2021