Porto Alegre, terça-feira, 23 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 23 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Crédito

- Publicada em 21h50min, 22/02/2021.

Caixa amplia custeio agro antecipado para R$ 12 bilhões

Operações do Crédito Rural incluem linhas como o Pronaf, Pronamp e demais produtores

Operações do Crédito Rural incluem linhas como o Pronaf, Pronamp e demais produtores


MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL/JC
O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou a ampliação do Custeio Agro Antecipado para R$ 12 bilhões, assim como a abertura de 21 novas unidades do banco dedicadas exclusivamente para o setor do agronegócio. As operações do Crédito Rural incluem linhas como o Pronaf, Pronamp e demais produtores. Disponíveis até junho de 2021, os recursos atendem a diversas finalidades, especialmente para financiar as despesas do ciclo de produção das principais culturas do país, como soja, milho, algodão, arroz, feijão, mandioca e café, bem como atividades pecuárias.
O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou a ampliação do Custeio Agro Antecipado para R$ 12 bilhões, assim como a abertura de 21 novas unidades do banco dedicadas exclusivamente para o setor do agronegócio. As operações do Crédito Rural incluem linhas como o Pronaf, Pronamp e demais produtores. Disponíveis até junho de 2021, os recursos atendem a diversas finalidades, especialmente para financiar as despesas do ciclo de produção das principais culturas do país, como soja, milho, algodão, arroz, feijão, mandioca e café, bem como atividades pecuárias.
O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, ressaltou a parceria do banco com o homem do campo. "Com a criação de 21 unidades especializadas, a Caixa está ampliando sua presença em cidades estratégicas para o agronegócio. A expansão em investimentos permitirá que mais trabalhadores rurais tenham acesso aos recursos, fomentando o agronegócio, a geração de empregos e favorecendo a economia brasileira."
O banco foi o primeiro a lançar, já em dezembro de 2020, a antecipação do custeio da safra verão 2021/2022, já tendo sido financiado valor superior a R$ 200 milhões, possibilitando ao produtor de grãos um melhor planejamento financeiro para a aquisição dos insumos. Estão disponíveis recursos suficientes para atender a demanda dos produtores com processo mais ágil e taxas de juros aderentes ao mercado.
Com oito anos de atuação no crédito rural, a Caixa possui uma carteira em evolução, por meio da qual já foram financiados mais de 52 mil empreendimentos, superando R$ 44 bilhões liberados no mercado do agronegócio e beneficiando produtores rurais, cooperativas e agroindústrias.
Comentários CORRIGIR TEXTO