Porto Alegre, sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Pecuária

- Publicada em 12h06min, 11/02/2021. Atualizada em 09h46min, 12/02/2021.

Abate de bovinos recuou 10,3% no 4º trimestre de 2020, de acordo com IBGE

No quarto trimestre  de 2020 frente ao mesmo período de 2019, foram abatidas 7,25 milhões de bovinos

No quarto trimestre de 2020 frente ao mesmo período de 2019, foram abatidas 7,25 milhões de bovinos


FLÁVIO WORNICOV PORTELA/MPT/DIVULGAÇÃO/CIDADES
O abate de bovinos caiu 10,3% no quarto trimestre do ano passado, na comparação anual, e 5,8% na comparação com o trimestre anterior, informou o Instituto Brasileiro e Geografia e Estatística (IBGE).
O abate de bovinos caiu 10,3% no quarto trimestre do ano passado, na comparação anual, e 5,8% na comparação com o trimestre anterior, informou o Instituto Brasileiro e Geografia e Estatística (IBGE).
Já o abate de suínos aumentou 1,6% e o de frangos 5,5% na comparação anual, sendo que na comparação com o terceiro trimestre apenas o abate de frangos manteve a alta, de 2,5%, enquanto o abate de suínos recuou 4,7%.
No quarto trimestre de 2020 foram abatidas 7,25 milhões de cabeças de bovinos, 12,10 milhões de cabeças de suínos e 1,55 bilhão de cabeças de frango, informou o IBGE.
A produção de 1,96 milhão de toneladas de carcaças bovinas mostra queda de 6,5% em relação ao quarto trimestre de 2019 e diminuição de 4,6% em relação ao terceiro trimestre de 2020.
Já a aquisição de leite foi de 6,71 bilhões de litros, aumento de 0,6% na comparação anual e de 4,1% em relação ao trimestre anterior.
A compra de peças de couro pelos curtumes caiu 3,9% frente ao quarto trimestre de 2019 e 8,5% em relação ao terceiro trimestre de 2020, somando 7,5 milhões de peças inteiras de couro cru bovino.
Foram produzidos 977 milhões de dúzias de ovos de galinha no quarto trimestre de 2020, uma queda de 1,5% na comparação anual e de 3,4% em relação ao terceiro trimestre do ano passado.
Os resultados completos, contemplando os dados para o fechamento de 2020 e as unidades da federação, serão divulgados em 18 de março de 2021, informou o IBGE.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO