Porto Alegre, quinta-feira, 21 de janeiro de 2021.
Feriado nos EUA: Dia de Martin Luther King.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 21 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

pecuária

- Publicada em 14h16min, 21/01/2021.

Exportações gaúchas de carne suína subiram 52,37% em 2020

Em receita, alta foi de 52,37%, com US$ 629,29 milhões negociados apenas no ano passado

Em receita, alta foi de 52,37%, com US$ 629,29 milhões negociados apenas no ano passado


MARCELO G. RIBEIRO/JC
O volume de carne suína exportada pelo Rio Grande do Sul cresceu 54,41% em 2020 na comparação com o ano anterior, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Passou de 169,23 mil toneladas para 261,32 mil toneladas. Na receita, a alta foi de 52,37%. Foram negociados US$ 629,29 milhões no ano passado contra US$ 412,99 milhões em 2019.
O volume de carne suína exportada pelo Rio Grande do Sul cresceu 54,41% em 2020 na comparação com o ano anterior, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Passou de 169,23 mil toneladas para 261,32 mil toneladas. Na receita, a alta foi de 52,37%. Foram negociados US$ 629,29 milhões no ano passado contra US$ 412,99 milhões em 2019.
De acordo com a ABPA, os embarques de carne de frango também aumentaram no acumulado do ano aqui no Estado: 15,82%. Em 2020, foram exportadas 678,53 mil toneladas, enquanto em 2019 o total foi de 585,85 mil toneladas. As vendas totalizaram US$ 920,93 milhões no ano passado, superando em 0,95% o valor de 2019 — quando foram registrados US$ 912,27 milhões.
No último mês do ano, o Rio Grande do Sul exportou 22,13 mil toneladas de carne suína. O número significa uma alta de 22,04% na comparação com o mesmo mês de 2019, quando foram embarcadas 18,13 mil toneladas. As vendas somaram US$ 51,81 milhões em dezembro, o que representa uma leve queda de 1,31% se comparado ao valor do mesmo período do ano anterior (US$ 52,49 milhões).
As vendas internacionais de carne de frango pelo Estado caíram 6,84% em volume, passando de 65,05 mil toneladas para 60,60 mil toneladas. A receita também recuou 14,89%. Foram negociados US$ 101,13 milhões em dezembro de 2019 contra US$ 86,08 milhões em dezembro de 2020.
Comentários CORRIGIR TEXTO