Porto Alegre, domingo, 01 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 01 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Pecuária

- Publicada em 16h24min, 01/11/2020.

Angus bate recorde e vende touro a R$ 734,4 mil

O animal, de linhagem com seleção focada em marmoreio, irá para o Grupo Golin

O animal, de linhagem com seleção focada em marmoreio, irá para o Grupo Golin


Adriana Moura /VPJ/Divulgação/JC
A raça Angus bateu seu recorde histórico de preço neste final de semana com a venda do touro VPJ Higher Proactive IA001, arrematado por R$ 734,4 mil no Leilão VPJ, na tarde de sábado (31), em Jaguariúna (SP). O animal, de linhagem com seleção focada em marmoreio, irá para o Grupo Golin e já tem 100 mil doses de sêmen contratadas pela Select Sires.
A raça Angus bateu seu recorde histórico de preço neste final de semana com a venda do touro VPJ Higher Proactive IA001, arrematado por R$ 734,4 mil no Leilão VPJ, na tarde de sábado (31), em Jaguariúna (SP). O animal, de linhagem com seleção focada em marmoreio, irá para o Grupo Golin e já tem 100 mil doses de sêmen contratadas pela Select Sires.
Até este sábado, o maior valor já pago por um animal Angus no Brasil era da Cabanha São Marco, de Itapeva (SP), que negociou 50% da vaca Cayenne TESM024 Wide de São Marco por R$ 240 mil em junho de 2019.
No ano passado, a própria VPJ já tinha batido o recorde entre os machos com a comercialização de 50% de touro da linhagem Marbling por R$ 150 mil em seu leilão de Primavera. “Isso mostra que estamos no caminho certo e que quem investe em genética tem retorno” ponderou o presidente da Associação Brasileira de Angus, Nivaldo Dzyekanski, que anunciou oficialmente o recorde da raça ao lado do criador Valdomiro Poliselli Jr no recinto Red Eventos. “Missão cumprida. Foi um leilão coroado de êxito”, comentou o presidente do Grupo VPJ.
O leilão teve média de R$ 20.730,00 para os machos Angus e de R$ 38.138,46 para as fêmeas. Entre os sete touros Angus de central negociados, a média foi de R$ 193.581,82. Ao todo – incluindo bovinos das raças Angus, Brangus, Red Brahman e Ultrablack - a receita do leilão atingiu R$ 4.034.840,00. Na raça Ultrablack, destaque para o lote VPJ Ultrablack Whirt FIV006, touro arrematado por José André Arruda Lima por R$ 39,6 mil.
Dzyekanski ressaltou o expressivo crescimento dos touros nacionais, que vêm ganhando espaço na venda de sêmen e presença nas centrais de inseminação. “O mercado precisa de animais melhoradores para uso de sêmen e em monta natural. Esse leilão é a prova de que o touro Angus adaptado aos sistemas de produção nacional tem um mercado fantástico”, frisou.
Comentários CORRIGIR TEXTO