Porto Alegre, sexta-feira, 23 de outubro de 2020.
Dia da Aviação e do Aviador.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 23 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Vitivinicultura

- Publicada em 14h37min, 23/10/2020.

Agricultura assina termo de colaboração com Uvibra para gerir recursos do Fundovitis

Por um ano, entidade administrará R$ 12 milhões voltados para ações e projetos de vitivinicultura

Por um ano, entidade administrará R$ 12 milhões voltados para ações e projetos de vitivinicultura


LUIZA PRADO/JC
Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (23) o Termo de Colaboração entre a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) e a União Brasileira da Vitivinicultura (Uvibra) para gerenciar os recursos do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura, o Fundovitis, no valor de R$ 12 milhões pelo período de um ano. A Uvibra é a entidade que incorporou os trabalhos do antigo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin).
Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (23) o Termo de Colaboração entre a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) e a União Brasileira da Vitivinicultura (Uvibra) para gerenciar os recursos do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura, o Fundovitis, no valor de R$ 12 milhões pelo período de um ano. A Uvibra é a entidade que incorporou os trabalhos do antigo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin).
O Fundovitis custeia e financia as ações, projetos e programas da Política de Desenvolvimento da Vitivinicultura Estadual, com o objetivo de desenvolver o setor, buscando a melhoria dos padrões de qualidade, garantia de genuinidade dos produtos vitivinícolas, de competitividade e de ampliação de mercado.
O Termo de Colaboração está inscrito no Sistema de Finanças Públicas do Estado do Rio Grande do Sul sob nº 2238/2020 e tem por finalidade a realização de ações para a manutenção e promoção do setor vitivinícola gaúcho, por meio de metas estipuladas em um Plano de Trabalho, que irão atuar em consonância com a Política Vitivinícola do Estado.
"O setor vitivinícola é de suma importância para a Agricultura gaúcha, uma vez que gera inúmeros empregos diretos e indiretos, fomentando o turismo e levando os rótulos gaúchos para o mundo todo, com vinícolas premiadas com o que há de melhor no mercado de vinhos brasileiro", destaca o secretário Covatti Filho.
A política estadual vitivinícola está voltada para a promoção de produção e consumo da uva e seus derivados; controle, inspeção e fiscalização desta produção; e o estímulo ao desenvolvimento e à competitividade deste setor produtivo, visando à sua viabilidade técnica e econômica por meio de apoio à pesquisa, à assistência técnica e fomento de programas e projetos de infraestrutura e reconversão.
Comentários CORRIGIR TEXTO