Porto Alegre, sexta-feira, 04 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 04 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Agronegócio

- Publicada em 03h00min, 04/09/2020.

Edital do programa Agro 4.0 é lançado pelo Ministério da Agricultura

Edital está recebendo inscrições até o dia 26 de setembro

Edital está recebendo inscrições até o dia 26 de setembro


WENDERSON ARAUJO/CNA/DIVULGAÇÃO/JC
Os Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Economia e da Ciência, Tecnologia e Inovações e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) lançaram, nesta quinta-feira (3), o edital do programa Agro 4.0, que recebe inscrições até o dia 26 de setembro. Serão investidos R$ 4,8 milhões em 14 projetos pilotos de adoção e de difusão de tecnologias 4.0. O edital pode ser acessado pelo link https://bit.ly/2Z5ReWz.
Os Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Economia e da Ciência, Tecnologia e Inovações e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) lançaram, nesta quinta-feira (3), o edital do programa Agro 4.0, que recebe inscrições até o dia 26 de setembro. Serão investidos R$ 4,8 milhões em 14 projetos pilotos de adoção e de difusão de tecnologias 4.0. O edital pode ser acessado pelo link https://bit.ly/2Z5ReWz.
O objetivo do programa é promover, por meio destas tecnologias, o aumento de eficiência e de produtividade, com redução de custos no agronegócio brasileiro. O edital, na modalidade concurso, é voltado a empresas usuárias de tecnologias 4.0 do setor produtivo, especialmente, produtores rurais e agroindústrias, que irão realizar a adoção de tecnologias em suas fazendas ou plantas. Estas empresas poderão submeter propostas em parceria com demais instituições.
O secretário-adjunto de Inovação, Desenvolvimento Rural e Inovação do Mapa, Pedro Correa Neto, destaca que a agricultura digital é uma das prioridades de inovação para o Mapa e o Programa Agro 4.0 é um dos grandes promotores de difusão de tecnologia no ecossistema do agro. "Ações como essa fortalecem a rede de inovação no agronegócio brasileiro, conectando soluções desde os produtores rurais até as startups, incrementando as ações por meio de conectividade, internet das coisas, aprendizagem virtual, blockchain e inteligência artificial", diz.
O edital contempla quatro categorias relacionadas à cadeia produtiva do agronegócio, incluindo empresas dos setores primário, secundário e terciário.
Comentários CORRIGIR TEXTO