Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 05 de junho de 2018.
Dia Mundial da Ecologia e do Meio Ambiente.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 05/06 às 23h41min

Inter empata com São Paulo no Morumbi

Inter fica no empate sem tentos em São Paulo

Inter fica no empate sem tentos em São Paulo


RICARDO DUARTE/DIVULGAÇÃO/INTER/JC
O São Paulo sentiu a ausência de peças importantes nesta terça-feira e, no empate sem gols com o Internacional no Morumbi, teve uma atuação bem diferente do que mostrava até poucos dias, enquanto estava invicto no Campeonato Brasileiro. Sem Nenê, seu principal cérebro na articulação das jogadas ofensivas, suspenso, o time de Diego Aguirre teve muitas dificuldades para chegar à área colorada.
Além disso, errou muito nos passes, na marcação e nas saídas de bola. O torcedor se irritou rapidamente. Vaiou o goleiro Sidão e mostrava impaciência a cada bola recuada. Ao fim da partida, muitos protestos dos quase 15 mil presentes no Morumbi.
Longe de exibir um futebol vistoso no Morumbi, o Inter apostou na retranca e anulou o esquema tricolor. As apostas nos contra-ataques eram constantes, ainda que faltasse capricho nos passes. No segundo tempo, pressionou os mandantes e teve chances reais, mas desperdiçou.
Num primeiro tempo de jogo truncado e cheio de passes errados para os dois lados, apenas Reinaldo e Liziero tiveram boas chances de gol para o São Paulo. Ambos de fora da área.
Aos sete minutos, Lucas Fernandes, um dos poucos destaques da primeira etapa, deu uma caneta em Iago e passou para o volante, que chutou de fora da área, mas nas mãos de Danilo. A oportunidade do lateral veio após sobra de escanteio. Reinaldo chutou uma bomba que iria no ângulo, mas o goleiro pulou rápido para pegar.
O Inter só viu chance de gol na falha de Sidão. Após cruzamento de Lucca pela esquerda, aos 36, o goleiro são-paulino espalmou para o meio da área, irritando a torcida tricolor. Para a sorte dele, não tinha ninguém do Inter por ali.
A segundo etapa começou mais agitada. Após cruzamento de reinaldo, Lucas Fernandes tentou de primeira, mas Danilo salvou. Em resposta, Pottker aproveitou bobeira de Anderson Martins em dividida e ficou cara a cara com Sidão. O goleiro rebateu e, de bicicleta, Leandro Damião mandou a bola para fora.
O Inter crescia no jogo. Aproveitava as falhas do São Paulo no meio-campo e, aos poucos, ganhava confiança e achava espaços para se aproximar do gol tricolor. Mas não deu tempo. Com o empate, os mandantes vão a 17 pontos na tabela do Brasileirão depois de dez jogos, e o Inter chega a 16.
Na próxima rodada, este sábado, o São Paulo visita o Atlético-PR na Arena da Baixada. No dia seguinte, o Inter encara o Santos, também como visitante, na Vila Belmiro.
São Paulo 0 x 0 Internacional
Sidão; Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Petros, Liziero (Paulinho) e Lucas Fernandes (Shaylon); Everton, Tréllez (Araruna) e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre.
Danilo; Rodrigo Moledo, Edenilson, Leandro Damião e Victor Cuesta; Lucca (Rossi), Iago, Charles (Camilo) e Zeca; Patrick e Pottker (Nico López). Técnica: Odair Hellmann.
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia