Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 13 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Encontro Histórico

Notícia da edição impressa de 14/05/2018. Alterada em 13/05 às 22h52min

EUA terão de fornecer 'garantias de segurança' a Kim Jong-un

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que seu país terá de "fornecer garantias de segurança" ao líder norte-coreano Kim Jong-un se as duas nações chegarem a um acordo nuclear.
Pompeo se reuniu com Kim na semana passada, na Coreia do Norte, e ajudou a preparar o encontro com o presidente dos EUA, Donald Trump, marcado para 12 de junho, em Cingapura. O objetivo de Trump é fazer a Coreia do Norte se livrar das armas nucleares permanentemente. Em troca, os EUA se colocariam dispostos a ajudar o país a fortalecer sua economia.
No programa Fox News Sunday, Pompeo foi questionado sobre se os EUA estariam dizendo a Kim que ele poderia continuar no poder se atendesse às demandas, sobre o qual respondeu: "teremos de fornecer garantias de segurança".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia