Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 17 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Prevenção

Notícia da edição impressa de 18/05/2018. Alterada em 17/05 às 21h25min

Bullying será tema de seminário interativo na Capital

Porto Alegre recebe no dia 25 de maio, na Câmara Municipal, nomes de destaque no cenário brasileiro para discutir bullying e Justiça Restaurativa, no 1º Seminário Interativo destinado a debater esse fenômeno de violência, especialmente entre jovens em idade escolar.
O evento é uma iniciativa do vereador Mauro Zacher (PDT), autor da legislação (Lei Municipal 10.866) que criou políticas de prevenção e combate ao bullying há oito anos. "O que nos fez retomar o tema foi, principalmente, o número crescente de suicídios entre jovens em idade escolar", argumenta Zacher.
O suicídio será o tema do último painel "Prevenção ao Suicídio" e será realizado por Christian Kieling, doutor em Ciências Médicas, professor de Psiquiatria da Infância e da Adolescência da Faculdade de Medicina (Ufrgs), e Coordenador do Programa de Depressão na Infância e na Adolescência do Hospital de Clinicas de Porto Alegre; e Carmem Oliveira, psicóloga, doutora em Psicologia Clínica (PUC-SP), pesquisadora na área de violência juvenil e ex-secretária nacional dos direitos de crianças e adolescentes.
Informações sobre os outros painéis no link http://www.maurozacher.com.br/index.php/item/zacher-realiza-seminario-interativo-sobre-bullying. As inscrições podem ser feitas até 22 de maio pelo telefone (51) 99894-5230. No dia 25, as atividades têm início às 9h30min.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia