Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 07 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Relações Exteriores

Notícia da edição impressa de 08/05/2018. Alterada em 07/05 às 22h48min

Itamaraty terá setor para segurança na América do Sul

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, determinou a implantação imediata de um setor dedicado exclusivamente aos assuntos de segurança e defesa na América do Sul. A iniciativa atinge 11 países: Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Peru, Equador, Colômbia, Bolívia, Venezuela, Suriname e Guiana.
Em nota, o Ministério das Relações Exteriores informou que "a medida reflete a elevada prioridade atribuída pelo governo brasileiro, e pelo Itamaraty em particular, ao combate aos ilícitos transnacionais e deverá reforçar a cooperação com os países vizinhos". 
A disposição é para efetuar ações conjuntas entre Brasil e países vizinhos nas áreas operacionais entre agências de segurança e inteligência. Um dos principais objetivos é evitar crimes transfronteiriços. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia