Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 04 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

incêndio

04/05/2018 - 13h20min. Alterada em 04/05 às 13h30min

Bombeiros encontram corpo no edifício que desabou em São Paulo

Entulhos do prédio que desabou formam uma montanha de 15 metros de altura

Entulhos do prédio que desabou formam uma montanha de 15 metros de altura


NELSON ALMEIDA /AFP/JC
Agência Brasil
As equipes do Corpo de Bombeiros localizaram no final da manhã de hoje (4) a primeira vítima nos escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou após um incêndio na madrugada da ultima terça-feira (1º).
Parte do corpo da vitima está soterrada no local identificado como setor 1, local em que as equipes de resgate concentram as buscas manuais pela queda do morador conhecido como Ricardo, que caiu quando tentava ser resgatado. Ontem por volta das 14 horas, a cadela Vasty identificou um sinal de vítima neste setor. As equipes de Buscas e Resgate em Estruturas Colapsadas (BREC) investiram na retirada dos escombros e as equipes encontraram a primeira vítima fatal.
Durante a madrugada, 5 máquinas auxiliaram na retirada dos escombros. Os entulhos do prédio que desabou formam uma montanha de 15 metros de altura. Uma equipe com mais de 40 homens trabalharam na madrugada, quando atingiram escombros habitados por moradores, já que começaram a ser encontradas roupas dos moradores e botijões de gás.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia