Porto Alegre, quarta-feira, 09 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Campanha Be Best da primeira-dama dos EUA é assombrada por plágio

Bem intencionada, a primeira-dama, Melania Trump, dos Estados Unidos lançou a campanha Be Best (Seja Melhor na tradução do inglês) durante uma cerimônia nos jardins da Casa Branca, na segunda-feira (7). Seguindo o exemplo das suas antecessoras, Michele Obama e Laura Bush, Melania lançou uma campanha para melhorar a saúde de crianças e adolescentes. O programa propõe que os pais e adultos conscientizem crianças e adolescentes sobre o consumo de drogas ilícitas, para que assim, os insumos sejam controlados. Porém, uma nova polêmica assombra esta campanha: assim como em 2016, Melania foi acusada por plagiar um informativo criado pela sua antecessora, Michele Obama. Após a denúncia, os créditos que antes eram dados a primeira-dama, foram repassados a Comissão Federal de Comércio.
 

FOTO SAUL LOEB /AFP/JC
08/05/2018 - 22h46min