Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 20 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Notícia da edição impressa de 21/05/2018. Alterada em 20/05 às 20h56min

Marcos Tang é eleito novo presidente da Gadolando

Fonseca (e) será substituído por Tang, que assume gestão até 2020

Fonseca (e) será substituído por Tang, que assume gestão até 2020


/JM ALVARENGA/DIVULGAÇÃO/JC
O criador Marcos Tang está retornando à presidência da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando). Por aclamação, o mandatário da entidade entre os anos de 2012 e 2016 volta para a sua terceira gestão à frente da associação, no biênio 2018-2020. A eleição ocorreu durante assembleia geral, realizada na Expoleite/Fenasul. Ele irá substituir Jorge Fonseca da Silva.
Tang ressaltou que quer, cada vez mais, aproximar o sócio e promover a valorização da raça junto aos produtores. "Temos muitas vacas holandesas no Rio Grande do Sul, sendo esta a principal raça produtora de leite no Estado, apesar de toda a queixa, compreensível, com o atual preço do leite."
Um dos pilares desta nova gestão, segundo o presidente eleito, é elevar o número de registros da raça no Rio Grande do Sul, além de aumentar o controle leiteiro e a classificação morfológica dos exemplares.
Sobre o momento de dificuldades por que o setor passa, Tang reforça que o fortalecimento da entidade e a união com outras associações e autoridades políticas e econômicas serão fundamentais para que os produtores possam ter seus pleitos atendidos. "Temos que trabalhar para mostrar que o nosso leite é bom."
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia