Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Consumo

Notícia da edição impressa de 09/05/2018. Alterada em 08/05 às 20h30min

Otimismo do empresário do comércio se amplia em abril

Indicador alcançou nove meses consecutivos de elevação

Indicador alcançou nove meses consecutivos de elevação


/JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC
O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) do Rio Grande do Sul encerrou abril em 110,8 pontos. Com isso, o indicador, mais uma vez fecha, com variação positiva (10,8%) na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Nessa base de comparação, todos os componentes que formam o Icec apresentaram expansão, contudo tanto a avaliação das condições atuais quanto o indicador de investimentos permanecem em patamar pessimista. Com o resultado de abril, o indicador alcança nove meses seguidos de alta na comparação com o mês anterior.
O dado que avalia as condições atuais do empresário do comércio (Icaec) chegou a 90,5 pontos em abril, um crescimento de 250% sobre o mesmo período de 2017 - dado que evidencia que a percepção dos empresários quanto ao cenário atual segue em processo de melhora, embora ainda em nível pessimista (abaixo de 100 pontos). De acordo com o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, "o dado comprova que o cenário é de recuperação da economia, ainda que fraca e lenta. A conjuntura atual é melhor descrita como menos pessimista ao invés de mais otimista", afirma. O resultado do componente é o melhor desde abril de 2014.
As expectativas dos empresários do comércio (Ieec) tiveram variação positiva de 3,1% em abril na comparação com o mesmo mês do ano passado, alcançando 151,3 pontos. "A perspectiva de recuperação do mercado de trabalho, especialmente em vagas formais, com a inflação e os juros em níveis reduzidos colaboram para que o empresário do comércio espere um cenário mais favorável este ano", pontuou o presidente da Fecomércio-RS, alertando, no entanto, que os dados do indicador podem sofrer mudanças conforme o quadro eleitoral for construído.
O componente que avalia os investimentos do empresário do comércio (Iiec) apresentou alta de 10,3% na comparação com abril do ano passado, chegando a 90,6 pontos. O indicador de abril revela uma perspectiva mais positiva em relação ao cenário econômico para 2018, por isso a intenção de investimento dos empresários do comércio segue em recuperação. No que diz respeito à contratação de funcionários, o indicador da série permaneceu estável em nível de neutralidade. Conforme a capacidade das empresas for ocupada com a retomada econômica, a intenção de contratação deverá voltar a um patamar otimista.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia