Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 07 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

varejo

Notícia da edição impressa de 08/05/2018. Alterada em 07/05 às 20h22min

Cielo lança plano que isenta lojista de aluguel de terminal POS

A Cielo lançou um novo plano, chamado Cielo Livre, que dispensa o aluguel dos terminais de POS, conhecidos como maquininhas de cartão, caso o lojista atinja determinado volume de vendas ao mês. É o que informou o vice-presidente de Produtos, Marketing, Negócios e Inovação da Cielo, Danilo Caffaro.
O lançamento do novo plano é a segunda fase de estratégia da Cielo com foco em pequenos lojistas. "Estudamos muito esse mercado, e vimos nele um desafio e uma oportunidade", disse Caffaro. A empresa concluiu que era necessário criar e oferecer serviços simples e customizados ao perfil de cada. A primeira iniciativa foi o Cielo Controle, em que o contratante paga um valor fixo mensal, sem taxas, pelo equipamento - os planos mudam conforme a faixa de faturamento. Foi o produto mais vendido da empresa em 2017, com mais de 200 mil usuários.
As opções disponíveis no novo plano, o Cielo Livre, também dependem do faturamento mensal do cliente em vendas no cartão. Caso seja mais de R$ 2 mil, terá direito a escolher, sem aluguel, determinados terminais. Com faturamentos maiores, as opções aumentam. Não há carência na troca de planos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia