Porto Alegre, domingo, 15 de março de 2020.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Agronegócios

Notícia da edição impressa de 08/05/2018. Alterada em 08/05 às 08h42min

Crise do leite não afeta otimismo da Expoleite/Fenasul

Evento acontece de 16 a 20 de maio, no parque Assis Brasil, em Esteio

Evento acontece de 16 a 20 de maio, no parque Assis Brasil, em Esteio


MARCO QUINTANA/JC/MARCO QUINTANA/JC
Apesar do momento de problemas enfrentados pelo setor lácteo no Rio Grande do Sul, os organizadores da 41ª edição da Fenasul e 14ª edição da Expoleite esperam que o número de participantes do evento, que ocorre de 16 a 20 de maio, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, supere o ano passado. O lançamento ocorreu em café da manhã de ontem na Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul.
Apesar do momento de problemas enfrentados pelo setor lácteo no Rio Grande do Sul, os organizadores da 41ª edição da Fenasul e 14ª edição da Expoleite esperam que o número de participantes do evento, que ocorre de 16 a 20 de maio, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, supere o ano passado. O lançamento ocorreu em café da manhã de ontem na Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul.
De acordo com o presidente da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando), Jorge Fonseca, no ano passado, participaram 136 animais. Mesmo assim, a Expoleite/Fenasul foi a terceira maior feira do Estado em número de participantes. Para a edição deste ano, o objetivo é que se chegue aos 200 exemplares. "Se tivermos apoio de recursos, podemos chegar até 250 animais. Acreditamos também no trabalho das cooperativas que devem trazer seus produtores", salientou.
O secretário da Agricultura do Rio Grande do Sul, Odacir Klein, lembrou dos esforços que a Gadolando vem realizando para a execução do evento. Ressaltou também o apoio do governo e de entidades parceiras, que estão ajudando com recursos e com a programação. "Estamos sendo gratos a essas entidades que estão apoiando o evento e, mesmo nas dificuldades, proporcionando a realização da Expoleite/Fenasul", destacou.
A Expoleite/Fenasul contará com exposição, concursos e julgamentos das raças de bovinos de leite, exposição de produtos para o produtor por indústrias e cooperativas de leite, empresas de melhoramento genético, insumos, alimentação animal e máquinas, seminários e palestras técnicas, comercialização de animais à balcão, entre outras atividades. No período também ocorrerá a ExpoFiccc, considerada a "Copa do Mundo" do Cavalo Crioulo, com organização da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). As inscrições para a Expoleite/Fenasul estão abertas até esta quarta-feira, 9 de maio.