Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 31 de maio de 2018.
Corpus Christi. Dia Mundial de Combate ao Fumo.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

tevê

Notícia da edição impressa de 01/06/2018. Alterada em 30/05 às 17h31min

Conclusão da trilogia

Planeta dos Macacos: a Guerra é a superestreia do Telecine Premium

Planeta dos Macacos: a Guerra é a superestreia do Telecine Premium


TELECINE/DIVULGAÇÃO/JC
  • Já são cinco décadas desde o primeiro embate entre primatas e humanos nos cinemas. Em 2017, as raças voltaram a se cruzar e a nova trilogia da franquia - baseada no livro La planète des singes - ganhou mais um capítulo com Planeta dos Macacos: a Guerra, Superestreia do Telecine Premium, às 22h de sábado. Desta vez, os homens querem exterminar os macacos comandados pelo evoluído chimpanzé César, interpretado por Andy Serkis. Do lado dos homens está o carrasco e impiedoso coronel vivido por Woody Harrelson, líder do exército de humanos. Em meio a toda batalha, surge Nova, uma garotinha que os macacos devem cuidar. Conclusão da trilogia, o filme é considerado por críticos um ótimo fechamento para a saga.
  • A editora de livros Margaret (Sandra Bullock) pode ser deportada para o Canadá e inventa um noivado com seu assistente, Andrew (Ryan Reynolds), a quem tem atormentado por anos. Ele concorda em participar do faz de conta, mas com uma exigência: que eles viajem ao Alasca para encontrar sua família. Margaret se verá em situações embaraçosas e deverá manter a farsa com Andrew, mesmo com percalços e consequências no caminho. A proposta, às 17h05min de sexta-feira, na Warner.
  • Narrada por Taika Waititi (Thor: Ragnarok), a série All or nothing: New Zealand All Blacks conta com seis episódios que mergulham no cotidiano do New Zealand All Blacks, um dos times mais bem-sucedidos da história do rúgbi mundial. O início da série retrata o caminho enfrentado pelos jogadores logo após vários veteranos se aposentarem, tendo de conviver com o orgulho de toda a Nova Zelândia pesando em seus ombros, eles precisam mostrar união para enfrentar as exigências físicas da modalidade, o olhar crítico da mídia e dos fãs, além dos desafios familiares, tudo isso em meio à competição para manter o legado de um século de dominação do All Blacks no esporte. A atração estreia na Amazon Prime Video nesta sexta-feira.
  • Em Mais estranho que a ficção, longa exibido às 10h30min no Canal Sony, a escritora Karen (Emma Thompson) está prestes a terminar o que, provavelmente, será seu melhor livro já lançado. Porém ela precisa descobrir como matar seu personagem principal, Harold (Will Ferrell). O que ela não faz ideia é que Harold está inexplicavelmente vivo e consciente de suas palavras. Ficção e realidade misturam-se quando ele, completamente perturbado com a situação, escuta o que ela tem em mente e precisa descobrir uma maneira de mudar o final pretendido pela escritora. Às 10h30min de sábado, na Sony.
  • Um clássico da ficção científica e de Steven Spielberg, Contatos imediatos de terceiro grau foi lançado em 1977. Rei do cinema pipoca, o Studio Universal exibe às 14h55min de sábado o longa em que Spielberg conta como a população de uma pequena cidade pressente sinais de seres extraterrestres. Obcecado com a visita, um homem decide procurar pistas para chegar até o local onde os alienígenas farão contato com os humanos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia