Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 17 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

acontece

Notícia da edição impressa de 18/05/2018. Alterada em 17/05 às 16h55min

Espetáculo Cão sem plumas tem sessão neste sábado em Porto Alegre

Peça é a primeira de temática explicitamente brasileira assinada por Deborah Colker

Peça é a primeira de temática explicitamente brasileira assinada por Deborah Colker


CAFI/DIVULGAÇÃO/JC
Baseado no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto (1920-1999), Cão sem plumas é o primeiro espetáculo de temática explicitamente brasileira assinado por Deborah Colker. A montagem terá sessão neste sábado (19), às 21h, no Teatro do Bourbon Country. Os ingressos custam de R$ 60,00 a R$ 180,00.
Publicado em 1950, o poema acompanha o percurso do rio Capibaribe, que corta boa parte do estado de Pernambuco. Mostra a pobreza da população ribeirinha, o descaso das elites e a vida no mangue.
A imagem do "cão sem plumas" serve para o rio e para as pessoas que vivem no seu entorno. "O espetáculo é sobre coisas inconcebíveis, que não deveriam ser permitidas. É contra a ignorância humana. Destruir a natureza, as crianças, o que é cheio de vida", afirma Deborah.
Os bailarinos se cobrem de lama, alusão às paisagens que o poema descreve, e seus passos evocam os caranguejos. No telão, são projetadas imagens registradas em 2016, quando a coreógrafa e toda a companhia viajaram, durante 24 dias, no limite entre sertão e agreste até Recife.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia