Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 28 de maio de 2018.
Dia da Saúde.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Affonso Ritter

Observador

Notícia da edição impressa de 29/05/2018. Alterada em 28/05 às 21h21min

Metas ambiciosas em móveis

A Marelli, de Caxias do Sul, chega a seus 35 anos, completados em abril, com metas audaciosas para os próximos anos. Para 2018, é crescer 38% sobre 2017 com faturamento projetado de R$ 250 milhões e de R$ 600 milhões para 2022. Administrando 30 lojas exclusivas nas principais cidades do Brasil e da América Latina, pretende chegar a 50 até 2022 em praças estratégicas no Brasil e no exterior. Neste ano, sua meta de investimento em expansão da rede deve chegar a R$ 5 milhões. Em 2017, a empresa inaugurou uma loja-piloto em São Paulo, que funciona como laboratório para teste dos produtos no principal mercado consumidor e um canal direto para aproximar a marca dos seus principais públicos.
A marca Rui Spohr
O estilista Rui Spohr fechou sua loja e aposentou-se. Mas isso não significa o fim da marca. Pelo contrário, ele e sua equipe aproveitam a feira RS Moda, que acontece na Fiergs, para lançar ações de conquista de empresas licenciadas e não apenas no vestuário. A marca, que em seis décadas de atuação perpetuou o conceito de qualidade, traz consigo enorme potencial de vendas. Já estão na mira acessórios, perfume, espumante, chocolates, móveis, cama e mesa.
Congresso do comércio
O sócio-diretor do Rossi, Maffini, Milman & Grando, Rafael Maffini, vai falar sobre compliance e corrupção no 14º Congresso da Federasul, de 07 a 09 de junho, em Gramado. A programação inclui mais de 15 atividades para estimular a reflexão sobre o cenário nacional e as alternativas para a economia gaúcha.
Os amantes do vinil
Quem curte um bom e velho vinil sabe o valor que um álbum nesse formato tem. Pois, neste sábado, os amantes do toca-discos poderão encontrar relíquias entre os dois mil títulos que serão ofertados no Bazar do Vinil, em Canela. O evento acontece no restaurante Empório Canela, cantinho tradicional da cidade.
O ensino a distância
Se o crescimento do Ensino a Distância (EaD) continuar no atual ritmo, em 2023, o Brasil terá mais alunos estudando a distância do que nas salas de aula tradicionais. Serão, 51% em EaD e 49% no ensino presencial, segundo pesquisa da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior no Brasil..
Novo purificador de ar
Líder de mercado e referência em diversas categorias de limpeza mecânica, a Betanin, de Esteio, ampliou seu portfólio ao mercado de purificadores de ar, com a marca Noviça. Trata-se de uma categoria de produtos que equivale a 2,4% do total da cesta de limpeza e movimenta cerca de R$ 528 milhões por ano, no Brasil e é um mercado cinco vezes maior do que o de vassouras, liderado pela Noviça Original.
Menor venda de equipamentos
Os fabricantes de bens de capital mecânicos do País já reveem para baixo a expansão de vendas deste ano segundo o presidente executivo da Abimaq, José Velloso, que participou de reunião com associados da entidade em Porto Alegre. É devido a não decolagem do plano econômico do governo que não conseguiu reduzir o déficit fiscal e ao aumento dos juros reais para o tomador final embora a queda da taxa Selic, que projeta taxa de investimentos de 15,5% a 15,8% do PIB em 2018 e inviabiliza o crescimento do setor. A expectativa era de uma expansão de 5% nas receitas, mas, se houver, será devido às exportações em leve recuperação. Para Velloso, este desempenho é insatisfatório, pela base deprimida de comparação.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia