Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 06 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

protestos

06/04/2018 - 08h47min. Alterada em 06/04 às 11h34min

MST faz bloqueio de estradas em todo o País em protesto contra prisão de Lula

Ideia do movimento é bloquear 50 BRs em 24 Estados brasileiros

Ideia do movimento é bloquear 50 BRs em 24 Estados brasileiros


REPRODUÇÃO/TWITTER/MST OFICIAL/JC
Atualizada às 11h34min
O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) segue durante a manhã desta sexta-feira (6), promovendo bloqueios em estradas e já comunicou que as manifestações atingem estradas em pelo menos nove Estados diferentes. A maioria das passagens bloqueadas fica no Paraná. 
Os bloqueios estão sendo realizados como forma de protesto contra a ordem de prisão do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Em território paranaense, o MST informou que bloqueou trechos da PR-473, que liga Quedas do Iguaçu a São Jorge d'Oeste. Famílias protestaram também na PR-170, entre os municípios de Porecatu e Florestópolis. 
O MST informou ainda bloqueios em estradas do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Sergipe, Paraíba e Minas Gerais. Segundo o movimento, cerca de 400 militantes fecharam a BR-381 (Fernão Dias), que dá acesso de São Paulo à Belo Horizonte, por volta das 10 horas desta sexta-feira.
Mais cedo, já tinham sido confirmados bloqueios também na Bahia, Pernambuco e Espírito Santo. Segundo o coordenador do movimento Alexandre Conceição, a ideia é bloquear 50 BRs em 24 Estados, em protesto contra a decretação da prisão de Lula.
MST relatou ainda que, durante o fechamento da BR-101, na Paraíba, uma pessoa foi ferida por um tiro. Um homem não identificado furou o bloqueio e atirou com arma de fogo numa mulher membro do movimento, Lindinalva Pereira de Lima Filha. A vítima foi levada ao hospital.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia