Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Câmara de Porto Alegre

Notícia da edição impressa de 05/04/2018. Alterada em 05/04 às 02h37min

Aprovada obrigatoriedade de bombeiros em shoppings

Diego Nuñez
A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou ontem um Projeto de Lei do Legislativo (PLL) remanescente da legislatura passada. Proposto em 2016 por Airto Ferronato (PSB) e complementado ano passado por Cássio Trogildo (PTB) no ano passado, o projeto obriga a presença de bombeiros civis em estabelecimentos de grande aglomeração.
Caso o projeto se torne lei, a partir da sanção do prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB), deverão contar com pelo menos um bombeiro civil os seguintes estabelecimentos: shoppings; casas de shows que tenham capacidade de lotação, no mínimo, 400 pessoas; hipermercados; grandes lojas de departamentos; campus universitários em que a lotação seja superior a 1 mil pessoas ou cuja circulação média seja de 1,5 mil pessoas por dia e eventos cuja lotação seja superior a 400 pessoas ou que tenham circulação média de 1 mil pessoas por dia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia