Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Saúde

25/04/2018 - 08h50min. Alterada em 25/04 às 12h10min

Sobe para 51 casos confirmados de toxoplasmose em Santa Maria

Thiago Machado/arte/JC
Subiu para 51 o número de pessoas com toxoplasmose em Santa Maria. Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal da Saúde e apontam que oito são gestantes. Na divulgação anterior, na sexta-feira passada, o número era de 21 casos, portanto a alta é de 142%. Foram feitas 193 notificações de casos suspeitos até o momento. Deste total, 90 tiveram amostras coletadas, com as 51 confirmações.
Nove casos deram negativo, mas 30 aguardam resultado dos exames, sendo seis grávidas. O Boletim de Investigação Epidemiológica aponta que os casos foram registrados em 18 bairros da cidade, antes os casos confirmados estavam em 13 bairros. O documento faz a ressalva que "os bairros são referência de residência das pessoas e não necessariamente de contaminação".
A secretária de Saúde, Liliane Mello Duarte, ressaltou, em nota, que “é extremamente importante a união de forças entre as Unidades de Saúde, as clínicas particulares, os médicos, e o Hospital Universitário (Husm) para que os cidadãos, especialmente as gestantes, tenham o diagnóstico de forma ágil e eficiente". 
A recomendação que é reforçada é que as pessoas fervam a água antes de consumir, e tenham cuidados com os alimentos. A possibilidade de o protozoário Toxoplasma gondii, causador da doença, estar na água fornecida pela Corsan não foi confirmada.

Confira como prevenir a contaminação:

  • Evite o consumo de água e alimentos de origem desconhecida
  • Consuma somente carnes bem cozidas ou bem passadas
  • Beba somente água tratada, filtrada ou fervida
  • Beba somente leite pasteurizado ou fervido
  • Lave bem as mãos após manuseio de carnes cruas
  • Lave bem frutas, verduras e legumes crus antes do consumo
  • Lave bem as mãos antes das refeições
  • Recolha as fezes de gatos usando luvas ou sacolas plásticas, pois estes animais são hospedeiros do
  • Toxoplasma gondii, que causa a Toxoplasmose
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia