As sócias Cândida e Laís são naturais de municípios do Vale do Caí Jornalistas Cândida Schaedler e Laís Eschervêm ao jornal para falar sobre sua empresa recém lançada, assessoria de comunicação voltada para o meio rural. Foto: FREDY VIEIRA/JC

Jornalistas lançam agência de comunicação focada no setor agro e rural

Considerado um meio "inexplorado" em termos de conteúdo e mídias, empreendedoras querem valorizar o campo para os consumidores da cidade

Na última terça-feira (24), época de lua crescente - seja por forças que vão da crença popular ao misticismo, pode ser elegida como período para nortear o ritmo de plantações - fora lançada para o mercado gaúcho a Cultivo, agência de comunicação voltada para o meio agro e rural.
Liderada pelas jornalistas Laís Escher e Cândida Schaedler, de 23 anos, a empresa se estabelece da bagagem multimídia e faro de repórter da formação das duas. Somado ao fato de que Laís é natural de São Pedro da Serra e Cândida, de Harmonia, ambos municípios do Vale do Caí, as duas encontraram em suas raízes um setor a explorar. "O mercado de jornalismo está mudando muito e a gente está se aproveitando disso para criar algo novo", sublinha Laís. "Acreditamos que o meio agro, rural, pode se fortalecer muito a partir de se mostrar ", enxerga Cândida.
O objetivo da empresa é exatamente este: valorizar o campo perante os consumidores da cidade e, com isso, fazer os produtores crescerem ou se reerguerem. O desafio, segundo elas, é mostrar para o campo que comunicação pode ser útil e trazer resultados para as propriedades. Para isso, elas oferecem serviços desde elaboração de material gráfico para ser levado em feiras, até produção de conteúdo, eventos, material em vídeo e foto, gerenciamento de redes sociais, e assessoria de comunicação, entre outros. No fim das contas, elas querem ajudar as marcas a se posicionarem no mercado e comunicarem seus valores e o valor genuíno de seus produtos.
Empreendedoras de primeira viagem, as duas se mostram simplesmente apaixonadas pela tarefa de executar uma ideia própria, na direção daquilo que vêem sentido. "Não imaginávamos que iríamos empreender. Até pessoas próximas ficaram surpresas no início", relata Cândida.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Texto relacionados
Mostre seu Negócio