Porto Alegre, sexta-feira, 20 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Dinastia Castro ganha ponto final após 32 anos de hegemonia em Cuba

Após 59 anos governada pelo irmãos Castro, Cuba tem um novo presidente. Em uma sessão da Assembleia Nacional do Poder Popular do país caribenho realizada na última quarta-feira (18), 603 deputados entre os 604 que votaram na eleição indireta escolheram Miguel Díaz-Canel Bermúdez como o sucessor de Raúl Castro à frente do Conselho de Estado, o Executivo cubano. A expectativa é que o 17º presidente da história cubana continue com o sistema cmunista instalado na ilha caribenha. "Não haverá espaço para os que aspiram a uma restauração capitalista. Esta legislatura defenderá a revolução e continuará o aperfeiçoamento do socialismo", pregou Díaz-Canel em seu primeiro discurso como presidente.
 

FOTO ADALBERTO ROQUE/AFP/JC
20/04/2018 - 21h03min