Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 06 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

futebol

Alterada em 06/04 às 09h15min

Fifa anuncia renúncia de vice-presidente

Folhapress
A Fifa anunciou nesta sexta-feira (6) a renúncia do vice-presidente David Chung, que também é presidente da OFC (Confederação de Futebol da Oceania, na sigla em inglês). Segundo comunicado oficial, o afastamento se dá por "razões pessoais".
De acordo com a entidade gestora do futebol mundial, a sucessão de Chung no cargo é de responsabilidade da OFC.
"De acordo com os Estatutos da Fifa (artigo 33, parágrafo 8), os membros da OFC terão agora que decidir sobre a substituição de David Chung no Conselho da Fifa pelo período remanescente do mandato", diz comunicado oficial emitido pela Fifa.
Natural da Malásia, Chung tem 55 anos de idade e chegou a jogar futebol na Papua-Nova Guiné, onde também trabalhou como técnico e árbitro. Se tornou presidente da federação local em 2004, e se tornou vice-presidente da OFC três anos depois.
Em novembro de 2010, Chung assumiu a presidência da OFC depois que Reynald Temarii, que ocupava o cargo, foi acusado de corrupção. No ano seguinte, foi eleito para continuar no cargo que exercia até a renúncia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia