Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 01 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

judô

Alterada em 01/04 às 17h34min

Judoca Rafael Macedo conquista ouro no Grand Prix de Tbilisi

O judô brasileiro fechou a sua participação no Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia, com a conquista de uma medalha de ouro. Neste domingo, no último dia de competições, Rafael Macedo foi o vencedor da disputa no peso médio (90kg) sendo o terceiro lutador do País a subir ao pódio no evento, pois na sexta-feira Daniel Cargnin (66kg) levou a prata, e Sarah Menezes (48kg) conquistou o bronze.
Ao festejar a sua conquista, Rafael Macedo lembrou que o resultado vai lhe render 700 pontos, o que o fará ascender no ranking mundial - ele ocupa o 33º lugar. "Estou muito feliz por essa medalha de ouro. É uma medalha importante para eu ganhar mais pontos no ranking e conquistar minhas vagas para as próximas competições. Agradeço pela torcida e por todo apoio", comemorou o brasileiro.
Na final, Macedo superou por wazari o georgiano Giorgi Papunashvili. Antes, na sua campanha, estreou com vitória sobre o iraniano Vahid Nouri, por um wazari, aplicou um ippon no francês Ibrahim Keita e bateu o grego Theodoros Tselidis nas semifinal por um wazari, seguido por um ippon (chave de braço).
Aos 23 anos, Macedo faturou a sua primeira medalha de ouro no Circuito Mundial. Antes, ele tinha a prata no Grand Prix de Zagreb em 2017 e o bronze no Pan-Americano da Cidade do Panamá no ano passado como seus principais resultados. Além disso, em 2014, ainda no peso meio-médio (81kg), foi campeão mundial júnior.
Os outros três brasileiros que competiram neste domingo na Geórgia não chegaram a lutar por medalha. O peso médio (90kg) Gustavo Assis estreou com vitória sobre o ucraniano Quedjau Nhabali, mas depois perdeu para Papunashvili.
No meio-pesado (100kg), Leonardo Gonçalves perdeu na estreia para o georgiano Onise Saneblidze. No peso pesado (+100kg), Jonas Inocêncio venceu o polonês Maciej Sarnacki, mas depois perdeu duas vezes, do local Onise Bughadze e do francês Hamza Ouchani, esse na repescagem.
Os representantes permanecerão na Geórgia para a realização de treinos visando o Grand Prix de Antalya, na Turquia, que vai ser realizado no próximo fim de semana.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia