Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Acontece

Notícia da edição impressa de 06/04/2018. Alterada em 05/04 às 17h51min

Livro de poesias com temática LGBT é lançado em Porto Alegre neste sábado

Obra inédita resgata poemas brasileiros que compreendem a temática gay

Obra inédita resgata poemas brasileiros que compreendem a temática gay


/ALDEIA/DIVULGAÇÃO/JC
Composto por 130 poemas escritos por 44 autores brasileiros, o livro Poesia gay brasileira (Editora Machado, 288 pág., R$ 48,00) será lançado em Porto Alegre, neste sábado, das 18h às 22h, na Aldeia (Santana, 252) com entrada franca. Estarão presentes para o lançamento Natalia B. Polesso, Paula Taitelbaum, Márcia Ivana Lima Silva, Vitor Necchi, Marília Floôr Kosby e as organizadoras Amanda Machado e Marina Moura.
A antologia foi organizada pela pesquisadora mineira Amanda Machada em parceria com a poeta e jornalista paulistana Mariana Moura. A obra teve como origem uma pesquisa que buscou resgatar poemas de escritores brasileiros publicados de 1925 até a atualidade que tivessem em comum a temática homossexual.
Entre os autores encontrados pela pesquisa, foram selecionados aqueles considerados representativos para a criação da primeira coletânea de poemas gays do País, como Caio Fernando Abreu, Walmir Ayala, Angélica Freitas, Francisco Bittencourt e Paula Taitelbaum. A edição do título ocorreu via financiamento coletivo.
Além do livro, o projeto se desdobra em entrevistas e vídeos com alguns dos autores, que refletem sobre a existência e a importância de uma literatura gay no Brasil. O conteúdo pode ser acessado na página do livro no Facebook e no YouTube.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia