Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Câmara de Porto Alegre

Notícia da edição impressa de 15/03/2018. Alterada em 14/03 às 21h30min

Derrubado veto a emenda de R$ 911,6 mil para reciclagem

Na galeria da Câmara, recicladores comemoraram aprovação da emenda

Na galeria da Câmara, recicladores comemoraram aprovação da emenda


LUIZA DORNELES/CMPA/JC
Diego Nuñez
Na quarta sessão ordinária da Câmara Municipal de Porto Alegre que discutiu os vetos do prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) a emendas da Lei Orçamentária da cidade para 2018, mais um veto foi derrubado.
A emenda aprovada foi a de número 54, enviada ao Executivo pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam), que destina R$ 911.640,00 às Unidades de Triagem conveniadas ao município, "em virtude da abrupta e considerável queda de material destinado aos trabalhadores associados", como diz o texto da emenda.
O resultado foi celebrado com entusiasmo pelas galerias, que tiveram toda sua parte esquerda ocupada por associados das unidades, que se manifestavam durante e após todas as falas da tribuna e entoavam cantos como "eu sou catador, com muito orgulho, com muito amor".
Além da Emenda nº 54, a Emenda nº 75, de autoria do vereador Alex Fraga (PSOL), que destinaria R$ 50 mil a estudos para a utilização de biogás como fonte de energia na Capital, também foi apreciada ontem. Esta, contudo, não recebeu os 19 votos necessários para que o veto da prefeitura fosse derrubado.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia