Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 28 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

28/03/2018 - 14h38min. Alterada em 28/03 às 14h41min

Trump pede esforço conjunto para aprovar US$ 200 bilhões para infraestrutura

Com a liberação, Trump quer fomentar US$ 1,5 trilhão em investimentos em infraestrutura no país

Com a liberação, Trump quer fomentar US$ 1,5 trilhão em investimentos em infraestrutura no país


MANDEL NGAN/AFP/JC
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, divulgou comunicado nesta quarta-feira (28), no qual pede que os dois partidos do Congresso cheguem a um acordo para modernizar a infraestrutura nacional. Trump defende uma proposta de destinar US$ 200 bilhões em fundos federais, para fomentar pelo menos US$ 1,5 trilhão em investimentos totais em infraestrutura no país.
Na nota, Trump cita uma análise do Conselho de Assessores Econômicos (CEA, na sigla em inglês). Segundo o órgão, uma programa de investimento de US$ 1,5 trilhão em infraestrutura ao longo de dez anos poderia acrescentar entre 0,1 e 0,2 pontos porcentuais ao crescimento médio anual do Produto Interno Bruto (PIB). Segundo ele, isso ajudaria a fortalecer a economia, elevar salários e melhorar a qualidade de vida.
O comunicado cita outros pontos do estudo do Conselho de Assessores Econômicos, como o que o gasto de US$ 1,5 trilhão em infraestrutura resultaria em empregos para entre 290 mil e 414 mil pessoas no setor, em média, durante o período de uma década. Isso beneficiaria especialmente trabalhadores com menos anos de educação, enfatiza Trump. O presidente afirma ainda, porém, que a iniciativa inclui reformas para melhorar o acesso a educação e a programas de desenvolvimento da força de trabalho.
A nota diz também que o plano de Trump para a infraestrutura abrevia para no máximo dois anos o processo de revisão ambiental dos projetos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia