Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 24 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Trânsito

Notícia da edição impressa de 23/03/2018. Alterada em 24/03 às 15h09min

Contran suspende troca de placas para padrão do Mercosul

O período de suspensão para as novas placas pode ser ampliado ou abreviado

O período de suspensão para as novas placas pode ser ampliado ou abreviado


RODRIGO NUNES/MINISTÉRIO DAS CIDADES/JC
O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) decidiu suspender, pelo prazo de 60 dias, a Resolução nº 729/2018, que prevê a substituição das placas de veículos brasileiras para adequação ao modelo do Mercosul. De acordo com o presidente do órgão, Maurício José Alves Pereira, há necessidade de aguardar as conclusões de um estudo, elaborado por um grupo de trabalho ligado ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O período de suspensão pode ser ampliado ou abreviado, dependendo de quando o levantamento do Denatran será concluído.
O processo de novas placas é alvo de um inquérito civil instaurado pelo Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas. Há suspeita de irregularidades, cometidas para beneficiar empresas de emplacamento. A previsão é que a mudança das placas começasse em setembro, inicialmente em veículos novos, e que o processo estivesse concluído até o final de 2023.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia