Porto Alegre, quinta-feira, 29 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Três jornalistas indianos são mortos por atropelamento em dois dias

Os jornalistas Navin Nischal, Vijay Singh e Sandeep Sharma foram mortos na Índia, por incidentes distintos, em 48 horas. Navin Nischal e Vijay Singh, repórteres do Hindi Dainik Bhaskar, foram atropelados por um carro que atingiu a moto em que os dois se encontravam, no domingo (25). O motorista que causou o acidente, Mohammad Harsu, é o líder do Estado de Bihar e foi detido. Ele havia discutido na véspera com Nischal sobre suas reportagens. Já o repórter da TV News World, Sandeep Sharma, também foi morto atropelado, só que um dia depois, na segunda-feira (26). Ele estava investigando atividades de mineração ilegal e corrupção policial e foi atingido por um caminhão. Na foto, familiares de Sharma lamentam o crime, em clima de muita comoção e tristeza. O relatório do Comitê para Proteger Jornalistas (CPJ) aponta que 27 jornalistas foram mortos na Índia desde 1992.
 

FOTO AFP/JC
29/03/2018 - 13h05min