Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 24 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

amistoso

Alterada em 24/03 às 16h57min

Reinaldo Rueda estreia, Chile marca no fim e derrota a Suécia fora de casa

Equipe chilena surpreendeu o adversário classificado ao Mundial e ganhou por 2 a 1

Equipe chilena surpreendeu o adversário classificado ao Mundial e ganhou por 2 a 1


JONATHAN NACKSTRAND/AFP/JC
Na estreia de Reinaldo Rueda, a seleção chilena demonstrou que a eliminação nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo da Rússia pode ter sido um acidente. Mesmo jogando contra a Suécia na Friends Arena, em Solna, nos arredores de Estocolmo, a equipe surpreendeu neste sábado (24) o adversário classificado ao Mundial e ganhou por 2 a 1.
Apesar da decepcionante ausência na Copa de 2018, o Chile entrou em campo motivado e foi melhor em quase todo o jogo. O gol da vitória saiu apenas aos 44 minutos do segundo tempo, mas coroou a boa atuação da equipe de Reinaldo Rueda, técnico que assumiu o comando da seleção após deixar o Flamengo, em uma confusa negociação que durou semanas.
Já a Suécia, classificada ao Mundial após eliminar a Itália na repescagem europeia, mostrou que ainda tem muito a melhorar. Sem Ibrahimovic, que não faz parte dos planos do técnico Janne Andersson, a equipe teve uma atuação apática e foi facilmente dominada mesmo jogando em casa. Pouco, para quem está no grupo de Alemanha, Coreia do Sul e México na Copa.
Depois de um início de jogo travado, as duas equipes aceleraram o ritmo quase na metade do primeiro tempo. Aos 21 minutos, após a zaga afastar mal cobrança de escanteio, Vidal pegou a sobra de primeira e acertou o ângulo, abrindo o placar para o Chile com um belo gol.
Mas a resposta foi imediata. Logo no minuto seguinte, após boa troca de passes na entrada da área, o atacante Ola Toivonen recebeu sem marcação, finalizou no canto e empatou o placar para a Suécia.
O Chile, então, tomou conta do duelo. Criou as melhores oportunidades e foi chegar ao gol do triunfo aos 44 do segundo tempo, após Marcos Bolados aproveitar rebote e completar para as redes. O atacante de 22 anos, aliás, entrou no segundo tempo e era uma das grandes novidades na convocação de Rueda. Coroou, assim, também, a estreia do ex-treinador do Flamengo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia