Porto Alegre, domingo, 15 de março de 2020.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Negócios Corporativos

31/03/2018 - 12h03min. Alterada em 31/03 às 12h05min

Trump volta a criticar Amazon e acusa empresa de pagar poucos impostos

Críticas de Trump (d) derrubaram o valor das ações da empresa de Jeff Bezos (e)

Críticas de Trump (d) derrubaram o valor das ações da empresa de Jeff Bezos (e)


MANDEL NGAN /AFP/JC
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a questionar a Amazon em sua conta no Twitter neste sábado (31), ao acusá-la de golpe nos Correios e de pagar poucos impostos. Em duas postagens, o presidente norte-americano aproveitou para criticar os jornais The New York Times e o Washington Post, chamados por ele de 'falho' e 'falso', respectivamente.
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a questionar a Amazon em sua conta no Twitter neste sábado (31), ao acusá-la de golpe nos Correios e de pagar poucos impostos. Em duas postagens, o presidente norte-americano aproveitou para criticar os jornais The New York Times e o Washington Post, chamados por ele de 'falho' e 'falso', respectivamente.
"Enquanto estamos no assunto, é noticiado que os Correios dos EUA perderão US$ 1,50 em média para cada pacote entregue para a Amazon. Isso equivale a bilhões de dólares. O 'falho' NY Times informa que o tamanho da equipe de lobby da empresa aumentou, e isso...", escreveu Trump na primeira mensagem. "...não inclui o 'falso' Washington Post, que é usado como 'lobista' e deve registrar-se. Se os Correios aumentaram sua taxa de encomenda, os custos de envio da Amazon aumentaram em US$ 2,6 bilhões. Esse golpe nos Correios deve parar. A Amazon deve pagar os custos reais (e impostos) agora!", concluiu o presidente norte-americano na mensagem seguinte.
Essa é a segunda vez que Trump escreve sobre o assunto desde quarta-feira, quando rumores sobre sua insatisfação com a companhia derrubaram as ações da Amazon na bolsa de Nova Iorque. Em um dia a empresa perdeu US$ 36 bilhões em valor de marcado. Jeff Bezos, presidente executivo da empresa, também é dono do Washington Post.