Porto Alegre, domingo, 15 de março de 2020.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Mercado Financeiro

28/03/2018 - 15h52min. Alterada em 28/03 às 15h52min

Ouro fecha em baixa após valorização do dólar ante moedas fortes

O ouro fechou em baixa na sessão desta quarta-feira (28), em linha com a alta do dólar em relação a outras moedas fortes. Neste cenário, o ouro, cotado em dólar, se torna mais caro para detentores de outras divisas. Na Comex, a divisão de metais da Nymex, o contrato futuro de ouro para abril fechou em baixa de US$ 17,80 (-1,33%), a US$ 1.324,20 a onça-troy.
O ouro fechou em baixa na sessão desta quarta-feira (28), em linha com a alta do dólar em relação a outras moedas fortes. Neste cenário, o ouro, cotado em dólar, se torna mais caro para detentores de outras divisas. Na Comex, a divisão de metais da Nymex, o contrato futuro de ouro para abril fechou em baixa de US$ 17,80 (-1,33%), a US$ 1.324,20 a onça-troy.
Em relatório a clientes, o Commerzbank pontua que "o ouro permanece fortemente ligado" à divisa americana. "Após um dólar fraco impulsionar o preço (do metal) para acima de US$ 1.355,00 na manhã de ontem, uma valorização notável do dólar levou a cotação do ouro a escorregar", escreve o banco alemão.