Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 12 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Combustíveis

Alterada em 12/03 às 18h53min

Gasolina do Rio Grande do Sul é a 6ª mais cara do País

Segundo a ANP, litro do combustível custa, em média, R$ 4,333 nos postos gaúchos

Segundo a ANP, litro do combustível custa, em média, R$ 4,333 nos postos gaúchos


MARCELO CAMARGO/ABR/JC
O preço médio da gasolina no Rio Grande do Sul é o sexto maior do país, de acordo com a pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgado nesta segunda-feira (12). Conforme o levantamento, o litro do combustível custa, em média, R$ 4,333 nos postos gaúchos, R$ 0,144 a mais do que a média nacional, que é de R$ 4,189.
Ao todo, foram pesquisados 364 postos em 36 municípios do Rio Grande do Sul durante a última semana, entre os dias 4 a 10 de março.
Na frente do Estado gaúcho, estão o Acre (R$ 4,797 o litro), Rio de Janeiro (R$ 4,687), Minas Gerais (R$ 4,433), Goiás (R$ 4,407) e Tocantins (R$ 4,407).
Durante últimas quatro semanas, porém, o preço da gasolina caiu no Estado. O litro do combustível passou de R$ 4,363 para os atuais R$ 4,333. A redução foi menor do que a média do País, que registrou queda de R$ 4,226 para R$ R$ 4,189. Ao todo, a gasolina vendida no Brasil recuou em 16 estados e no Distrito Federal na semana passada, enquanto outros dez registraram alta no preço médio.

Bagé tem a gasolina mais cara do RS

 
Dentre as 36 cidades gaúchas pesquisadas, Porto Alegre está no 22º lugar, com média de R$ 4,352 nos 39 postos verificados pela ANP – R$ 0,02 a mais do que a média estadual. O município de Bagé, no Sul do Estado, apresenta o maior custo médio do combustível, com R$ 4,828, seguido por Alegrete (R$ 4,678), Uruguaiana (R$ 4,655), São Gabriel (R$ 4,600) e Santana do Livramento (R$ 4,590).
Na outra ponta do ranking, Caxias do Sul apresentou o menor custo da gasolina no Rio Grande do Sul, com média de R$ 4,025. Sapucaia do Sul (R$ 4,088), Sapiranga (R$ 4,091), Novo Hamburgo (R$ 4,136) e Rio Grande (R$ 4,136) completam o rol de cidades onde o preço do combustível é mais barato no Estado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia