Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 08 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

indústria

Notícia da edição impressa de 09/03/2018. Alterada em 08/03 às 21h28min

Governo vai lançar agenda para a indústria 4.0

O governo vai aproveitar o Fórum Econômico Mundial para a América Latina, também conhecido como "mini-Davos", que será realizado em São Paulo, na semana que vem, para lançar uma "agenda pragmática" para que a indústria brasileira caminhe em direção ao que vem sendo chamado de indústria 4.0, ou a quarta Revolução Industrial, disse a subsecretária do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), Yana Alves, durante evento do Insper nesta quinta-feira.
"Muito mais do que políticas como tantas outras, essa é uma agenda que queremos que seja pragmática", disse Yana, que representou o ministro interino Marcos Jorge, que está em viagem ao Paraguai.
O protagonismo da transformação e modernização da indústria brasileira, ressalta Yana Alves, não está no governo. "Está nas empresas, nos prestadores de serviços, na sociedade, na academia e em todos os operadores que possam fazer melhor uso dessas tecnologias", disse. O caminho para a indústria 4.0 passa pelo aumento da produtividade, fator "absolutamente necessário" para enfrentar a competição e o ambiente de negócios, ressaltou Yana.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia