Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 05 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Medicina

Notícia da edição impressa de 06/03/2018. Alterada em 05/03 às 20h25min

Aumento de empresas participantes reforça atuação do Cluster da Saúde no Rio Grande do Sul

Dezenas de empresas participantes do Cluster da Saúde do Rio Grande do Sul reuniram-se, ontem, para tratar do andamento do projeto - uma parceria entre universidades, indústria, pesquisadores, profissionais da saúde, governo do Estado e o Medical Valley, da Alemanha.
O projeto integra as áreas da medicina e da engenharia para iniciativas voltadas à tecnologia e inovação, já tendo envolvido mais de 190 empresas (desde startups até grandes companhias) e mais de 10 universidades.
Na avaliação de Sandra Schäfer, do Departamento de Promoção Comercial e Assuntos Internacionais, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect), um dos aspectos mais importantes da reunião foi perceber a crescente troca de informações e a adesão de novas empresas ao projeto.
"O Cluster da Saúde se consolida como referência para quem empreende em negócios voltados à tecnologia para a Saúde, com novas ideias vindas de empresas que têm um grande potencial e que oferecem produtos de alto valor agregado para diferentes estados e países", explicou.
Durante a reunião, foi apresentado o projeto da 25ª Feira Internacional de Produtos, Equipamentos, Serviços e Tecnologia para Hospitais, Laboratórios, Farmácias, Clínicas e Consultórios, que ocorre em maio de 2018. Com o apoio do governo do Estado, 25 empresas poderão expor seus produtos em São Paulo.
Outros assuntos compartilhados no encontro realizado na sede do Badesul foram a Summit & Go Global (Medical Valley), Parques Tecnológicos do RS, além de um novo produto gerado por uma startup do Cluster.
Desde 2015, o Cluster da Saúde já envolveu mais de 500 pessoas na promoção da integração de instituições e na identificação de projetos que caracterizem a implantação de ambientes de tecnologia e inovação no Rio Grande do Sul.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia