Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 01 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Frases e Personagens

Notícia da edição impressa de 02/03/2018. Alterada em 01/03 às 21h14min

Frases e personagens

Luiz Inácio Lula da Silva

Luiz Inácio Lula da Silva


MIGUEL SCHINCARIOL/AFP/JC
"Então o que eu espero? Que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise o meu processo, veja os depoimentos, as provas e tome uma decisão. Por isso tenho a crença de que vou ser candidato." Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ex-presidente.
"Eu estou preparado. Estou tranquilo. E tenho certeza de que vou ser absolvido e de que não vou ser preso. Eu vou brigar até ganhar." Também Lula da Silva.
"Sou contrário às medidas de combate à violência adotadas pelo Executivo, que desencadearam o aumento da repressão no País. Este é um governo que quer privatizar empresas estratégicas, como a Eletrobras, e tem cortado recursos para a área social com o teto de gastos públicos." Orlando Silva (PCdoB), deputado federal.
"A bancada do governo - que reúne PMDB, PP, PR, PSD, entre outros - tem a expectativa de ganhar novos integrantes até o final do prazo da janela para troca partidária, de 7 de março a 7 de abril. A prioridade neste ano serão os projetos como a regulamentação do sistema integrado de segurança pública." Aguinaldo Ribeiro (PP), líder do governo.
"Hoje, é tão fácil ouvir discursos que fazem defesa dos atalhos de fora da lei, dos atalhos abaixo dos direitos humanos. Um Estado que combate fora da lei, ou sem respeitar os direitos humanos, o crime, se nivela a ele." Raul Jungmann, ministro da Segurança Pública.
"Em tese, a ação preparada pela Polícia Federal deveria ser sigilosa, mas, como tem acontecido, há vazamentos, e a polícia chega depois do próprio órgão de imprensa. O inquérito existe desde 2013, e já fui chamado para prestar testemunho." Jacques Wagner (PT), ex-governador da Bahia.
"A prioridade do partido para 2018 é combater a agenda neoliberal proposta pelo governo Michel Temer (PMDB) e derrotar definitivamente a reforma da Previdência." Paulo Pimenta (PT), deputado federal.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia