Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Rio de Janeiro

Notícia da edição impressa de 28/02/2018. Alterada em 27/02 às 23h31min

Paes negocia filiação com PSDB e PP

Potencial candidato ao governo fluminense, o ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (PMDB) se reuniu, no fim de semana, com dois pretendentes - PSDB e PP - para definir seu futuro partidário. A tendência, segundo seus aliados, é de que se filie ao PP.
Seu destino deverá ser anunciado dentro de 10 dias. Embora os dois partidos tenham oferecido legenda para a disputa, Paes admitiu a hipótese de não concorrer ao governo do estado, sob o argumento de que esse é o desejo de sua família.
Hoje inelegível por decisão judicial, Eduardo Paes teme também os desdobramentos da Operação Lava Jato.
No domingo, Paes se encontrou com o vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles (PP), para discutir os termos de sua filiação ao PP. Ele recebeu carta branca para costura de alianças no estado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia