Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 22/02/2018. Alterada em 21/02 às 21h16min

Voltas às aulas

Sabrina Borges Portela
Ao nos aproximarmos do fim das férias, começamos a pensar na volta às aulas e em todas as expectativas que elas nos trazem, independentemente da etapa que estejamos cursando, desde a educação infantil até a pós-graduação, sempre temos curiosidade de sabermos quem será o professor ou professora, que conteúdos iremos aprender, quais as metodologias usadas, quais serão os desafios propostos, enfim, vários são os planos que construímos neste momento. Por certos momentos, vem até aquele desânimo, pois o tempo de descanso e lazer, ou seja, as férias, agora finda, mas buscar o conhecimento sempre é algo indescritível e inovador, o conhecimento não é somente assimilar passivamente um saber, um conteúdo, um objeto. Mas, para que o conhecimento seja algo transformador, é necessário repensar valores aprendidos.
Podemos fazer isso em conjunto, com outros indivíduos, mas cada um, individualmente, precisa contribuir com sua parcela de intelectualidade e de ação, cabe aqui citar nosso saudoso mestre Paulo Freire, que disse: "A educação, qualquer que seja ela, é sempre uma teoria do conhecimento posta em prática". Espero que esse novo ano letivo, fortalecermos nosso espírito para que os objetivos almejados em nossos projetos sejam alcançados com sucesso. E que nessa caminhada tenhamos perseverança, senso de compromisso, dedicação, entrosamento e responsabilidade. Acredito que todos nós possamos nos apropriar dos saberes que serão colocados neste ano, e que cada um siga os seus próprios passos, que trilhe novos caminhos, que ouse, que transforme, que 2018 seja repleto de comprometimento e ressignificação educacionais e aprendizagem a todos nós.
Professora e bióloga
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia