O menino tem um blog há dois anos e, após trabalhar em hostel, custeou as próprias passagens para fazer voos inaugurais da Azul no ano passado O menino tem um blog há dois anos e, após trabalhar em hostel, custeou as próprias passagens para fazer voos inaugurais da Azul no ano passado Foto: /MARCO QUINTANA/JC

Jovem e decidido: virar empresário do ramo da aviação

O estudante João Machado, de Gravataí, investe para ingressar no setor aéreo

João Machado, blogueiro e estudante do último ano do Ensino Médio, tem um ídolo pouco comum para um adolescente: o empresário David Neeleman, que tem dupla nacionalidade (norte-americana e brasileira), fundador das companhias aéreas norte-americana JetBlue Airways e da brasileira Azul Linhas Aéreas. Guardadas as devidas proporções, se pode dizer que o adolescente de 16 anos respira aviação. Ele conhece muito do setor, rotas, tipos de aeronaves, projetos, curiosidades, mercado. Criador do gauchosspotters.blogspot.com.br (blog especializado em aviação) e colaborador do site Ponte Aérea (ponteaerea.net) desde o final do ano passado, o jovem morador de Gravataí ainda não tem lucro, propriamente dito, com o blog. Mas ganha, dia a dia, novos seguidores, conhecimentos e contatos no setor, visando uma futura carreira.
Engana-se quem rapidamente deduz que Machado quer ser piloto. O projeto já em curso é seguir os passos, ou melhor, a rota de Neeleman. O gaúcho quer ser executivo e dono de uma companhia área.
Foi o espírito empreendedor que levou o estudante a investir, na última semana, em uma viagem para Assunção, capital do Paraguai, para se encontrar com Rómulo Costa, gerente-geral da Amaszonas Paraguay, companhia aérea que lançou conexão direta entre Paraguai e Porto Alegre no final de 2017. "Trabalhei durante as férias no hostel que pertence ao meu tio e ao meu avô e comprei a passagem para fazer minha primeira viagem internacional", explica o jovem blogueiro.
João já custeou as próprias passagens para fazer os voos inaugurais da Azul para Uruguaiana e Santo Ângelo, partindo de Porto Alegre, no ano passado. Experiências devidamente registradas no blog, que mantém desde os 14 anos e ao qual dedica cerca de 2 horas por dia, em média. O tempo é gasto na pesquisa por informações sobre o setor, monitoramento de sites como da Anac, a Infraero e, claro, de uma centena de companhias aéreas.
A paixão pelos ares começou cedo, lá pelos seis anos, quando o avô (ex-piloto) o levava para o aeroporto Salgado Filho admirar pousos e decolagens. O curioso é que foi justamente por influência do avô que ele desistiu de ser piloto e decidiu que será gestor.
"Ele dizia que era como ser motorista de caminhão em vez de dono da transportadora. É por isso que não quero pilotar um avião. Quero mandar na companhia", ressalta o estudante. A dúvida, há até pouco tempo, era a melhor rota a traçar. Então, ele descobriu o e-mail do ex-presidente da Azul, Antonoaldo Neves, atual presidente executivo da Tap, e lhe enviou um e-mail. "Perguntei o que ele recomendava para quem quisesse chegar onde ele chegou. Para minha surpresa, ele respondeu. Em uma frase, me disse pra estudar bastante e procurar um bom curso de Administração, como da USP e FGV", conta o estudante, que seguirá a recomendação e tentará, no final do ano, passar no vestibular da universidade paulista.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Texto relacionados
Mostre seu Negócio