Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Libertadores

27/02/2018 - 21h25min. Alterada em 27/02 às 21h26min

Grêmio vacila contra o Defensor e cede empate na estreia da Libertadores

Madson luta pela posse de bola contra Ayrton Cougo pela Libertadores

Madson luta pela posse de bola contra Ayrton Cougo pela Libertadores


DANTE FERNANDEZ/AFP/JC
O Grêmio dominou a partida contra o Defensor e pressionou o adversário até abrir o marcador com Maicon, na etapa final. Mas vacilou quatro minutos depois e cedeu o empate por 1 a 1 nesta terça-feira, no estádio Luis Franzini, em Montevidéu, no Uruguai, na estreia das equipes no Grupo 1 da Libertadores.
Atual campeão, o time tricolor volta a campo na competição continental apenas em 4 de abril, quando receberá o Monagas, da Venezuela. O Defensor joga novamente na próxima terça-feira, contra o Cerro Porteño, fora de casa.
O Cerro Porteño lidera a chave com três pontos, depois de ter vencido também nesta terça-feira o Monagas por 2 a 0, fora de casa. Marcos Cáceres e Insaurralde marcaram os gols da equipe paraguaia.
O Grêmio até poderia estar dividindo a liderança, mas vacilou. O time tricolor impôs o ritmo desde o início, mas encontrou dificuldade para furar a retranca adversária no primeiro tempo e não criou nenhuma chance de gol.
Na volta do intervalo, a equipe do técnico Renato Gaúcho começou a arriscar mais de longa distância. Aos cinco, Luan rolou cobrança de falta para Cícero, que mandou uma bomba para defesa do goleiro Reys. Dois minutos depois, Luan tocou para Madson, que chutou com perigo por cima do gol.
O Defensor só foi assustar por conta de um vacilo de Geromel, que tentou sair jogando, mas foi desarmado. Cougo invadiu a área e bateu para boa defesa de Marcelo Grohe, que mandou para escanteio.
O goleiro Reys era o principal jogador em campo e ainda espalmou para escanteio chutes de Alisson e Cícero. De tanto insistir, o time tricolor abriu o marcador aos 35 minutos em lance de confusão na área do adversário.
Maicon tabelou com Luan e deu uma cavadinha na bola para Jael, que foi empurrado dentro da área. Everton seguiu a jogada e bateu cruzado. Reys estava batido no lance, mas Maulella salvou em cima da linha. A bola sobrou para Maicon, que empurrou para as redes.
O Grêmio, no entanto, nem teve tempo de comemorar. Quatro minutos depois, Maulella aproveitou cruzamento na segunda trave e, livre, cabeceou para as redes. O time tricolor tentou pressionar nos minutos finais, mas parou na retranca adversária.
Defensor 1 x 1 Grêmio
Reys; Maullella, Nicolás Correa, Carrera e Mathías Suárez; Cardacio, Benavidez (Rabuñal), Facundo Castro (Waterman), Cougo e Goñi; Germán Rivero. Técnico: Eduardo Acevedo.
Marcelo Grohe; Madson (Alisson), Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Jaílson (Jael), Maicon, Ramiro, Luan e Everton (Maicosuel); Cícero. Técnico: Renato Portaluppi.
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia