Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

notas

Notícia da edição impressa de 28/02/2018. Alterada em 27/02 às 22h35min

Notas

Libertadores - Hoje tem sequência a 1ª rodada. Pelo Grupo 2, às 21h45min, os equatorianos do Delfín encaram o Bolívar. No mesmo horário, pelo Grupo 4, com protões fechados no Engenhão, o Flamengo recebe o River Plate. Mais cedo, às 19h15min, pelo Grupo 6, no Uruguai, o Nacional enfrenta o Estudiantes. E pelo Grupo 7, às 21h45min, o Corinthians vai a Colômbia para encarar o Millonarios.
Seleção italiana - O técnico Antonio Conte, hoje no Chelsea, é o favorito para assumir o comando da Zurra. A revelação foi feita pelo vice-comissário da Federação Italiana de Futebol, o ex-jogador Alessandro Costacurta.
Prêmio Laureus - Os tenistas Roger Federer e Serena Williams foram eleitos ontem o melhor e a melhor atleta da temporada, em eleição conhecida como o Oscar do Esporte. O suíço ainda ganhou o prêmio de melhor retorno do ano, após se recuperar de diversos problemas físicos e vencer o Aberto da Austrália e Wimbledon. A Chapecoense venceu como Melhor Momento Esportivo de 2017. A condecoração, feita por voto popular, se deu pela recuperação após o acidente aéreo na Colômbia, em 2016.
Iatismo - A equipe holandesa AkzoNobel, que conta com a brasileira Martine Grael, venceu a sexta etapa da Volvo Ocean Race, a regata de volta ao mundo. O percurso de 6 mil milhas náuticas aconteceu entre Hong Kong e Auckland, na Nova Zelândia. A próxima etapa terá pontuação dobrada, saindo de Auckland rumo cidade de Itajaí, em Santa Catarina.
MMA - O ex-campeão peso-meio-pesado do UFC, Jon Jones, foi punido ontem pela Comissão Atlética da Califórnia. O lutador teve a licença para lutar revogada e recebeu uma multa de US$ 205 mil. O atleta ainda será julgado pela  Agência Antidoping dos EUA. Jones responde por testar positivo para o esteroide Turinabol.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia