Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 20 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

liga dos campeões

Alterada em 20/02 às 20h56min

Com um a mais, Bayern passeia contra Besiktas e encaminha vaga às quartas

Robert Lewandowski vence a meta do arqueiro Fabri

Robert Lewandowski vence a meta do arqueiro Fabri


THOMAS KIENZLE/AFP/JC
Com um jogador a mais desde os 16 minutos do primeiro tempo, o Bayern de Munique venceu com tranquilidade o Besiktas por 5 a 0 nesta terça-feira, em casa, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. O duelo de volta está marcado para 14 de março e o time alemão pode perder por até quatro gol de diferença que avança.
O placar poderia até ter sido maior nessa primeira partida. Só deu Bayern, que teve 66% de posse de bola. Tomaz Müller e Lewandovski marcaram dois gols cada. Coman fez o outro. E o trio ainda teve outras chances para fazer mais.
As coisas se complicaram para o time turco, quando o zagueiro Vida viu Lewandoski arrancar livre e parou a jogada com falta. Recebeu o vermelho direito. A partir daí, os visitantes, que jogavam para um contra-ataque, nem isso conseguiram mais fazer.
No primeiro tempo, o Bayern desperdiçou muitas chances e marcou apenas um gol. Coman fez boa jogada pela esquerda, deixou o lateral-direito brasileiro Adriano para trás e cruzou para Thomas Müller, que desviou para as redes.
O Besiktas ainda contou com outros dois brasileiros entre os titulares, os atacantes Talisca e Vagner Love. Para dizer que a equipe turca nada criou, Love conseguiu assustar o adversário em contra-ataque. Ele ganhou na corrida de Hummels, driblou Boateng e chutou para fora.
No segundo tempo, a história foi a mesma e o Bayern encaminhou a classificação. Logo aos sete, Lewandovski tabelou com Müller, e cruzou rasteiro para trás. Coman bateu colocado da marca do pênalti e ampliou.
A pressão seguiu e o terceiro veio aos 20. Kimmich cruzou da direita e Müller desviou na pequena área. Lewandowski marcou o quarto e o quinto. Aos 33, ele aproveitou rebote do goleiro em chute de Hummels e fez. Dez minutos depois, recebeu cruzamento rasteiro e mandou para as redes.
O Besiktas voltou a disputar um jogo mata-mata de Liga dos Campeões após 31 anos. O nervosismo de encarar um dos favoritos ao título e o fato de estar na casa do adversário, mais do que qualquer diferença técnica, atrapalharam qualquer pretensão de ir adiante na competição.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia