Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Gaúcho

Notícia da edição impressa de 16/02/2018. Alterada em 15/02 às 23h06min

Vitória de virada do Inter para assumir a liderança

Nico López entrou para marcar o terceiro gol colorado

Nico López entrou para marcar o terceiro gol colorado


RICARDO DUARTE/INTER/JC
Um outro Inter. Quem acompanhou o time de Odair Hellmann até a partida contra o São José, não reconhece mais o time que entrou em campo nos dois últimos jogos do Campeonato Gaúcho. Uma equipe ligada, com movimentação e velocidade nas transições goleou o Zequinha por 4 a 0 e, nesta quinta-feira, dominou o Juventude no Beira-Rio e venceu por 3 a 1, em jogo válido pela 7ª rodada da competição.
O primeiro tempo deixou clara a diferença de qualidade das duas equipes. Comandando completamente as ações, o Inter criou diversas oportunidades de gol, enquanto o Juventude abusou dos erros de passe na saída de bola. Apesar do total controle colorado, quem saiu na frente no placar foi o time da Serra. Aos 13 minutos, Victor Cuesta desviou de cabeça para trás. A bola sobrou para Guilherme Queiroz que tocou por cima de Danilo Fernandes e fez o 1 a 0.
Depois disso, só deu Inter. Bastaram cinco minutos para os donos da casa igualarem o marcador. Aos 18, D'Alessandro cobrou escanteio rasteiro pela esquerda. Dentro da área, Patrick, desviou de primeira para empatar. Sem conseguir trocar três passes, o Juventude foi completamente dominado no restante do tempo inicial. O resultado foi que, depois de desperdiçar várias chances, o Inter virou o jogo aos 42 minutos. Em ataque rápido pela esquerda, D'Alessandro tocou para Iago, que entrava na área. O lateral bateu para vencer o goleiro Douglas Silva e fazer o 2 a 1.
Depois do primeiro tempo ruim, o Juventude voltou melhor para a etapa final. O time de Antônio Carlos Zago dificultou a saída do Inter e até ameaçou uma pressão. Danilo Fernandes teve de trabalhar aos 16 e aos 22 minutos para evitar nova igualdade no placar.
Sem conseguir marcar, o ímpeto dos visitantes arrefeceu, e o Inter retomou o controle. Aos 32 minutos, Wiiliam Pottker saiu de campo após sentir lesão muscular na coxa. Em seu lugar, entrou Nico López. Dois minutos depois, aos 34, o uruguaio mostrou o porquê de a torcida pedir a sua presença no time titular. O atacante recebeu assistência açucarada de D'Ale por trás da defesa do Juventude e, pela direita da área, finalizou de canhota para dar números finais ao marcador.
Internacional 3 x 1 Juventude
Danilo Fernandes; Dudu (Gabriel Dias), Klaus, Cuesta e Iago; Dourado (Wellington Silva), Edenilson, D’Alessandro, Patrick e Pottker (Nico López); Damião. Técnico: Odair Hellmann.
Douglas Silva; Vinícius, Fred, César Martins (Vidal) e Pará; Sananduva, Guilherme (Denner), Fellipe Mateus, Queiroz e Felipe Lima (Caprini); Ricardo Jesus. Técnico: Antonio Carlos Zago.
Árbitro: Daniel Bins.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia