Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Ligas dos Campeões

Notícia da edição impressa de 15/02/2018. Alterada em 14/02 às 22h31min

CR7 marca duas vezes e Real Madrid bate o PSG por 3 a 1

Cristiano Ronaldo comemora um dos tentos do Real Madrid contra a defesa do PSG

Cristiano Ronaldo comemora um dos tentos do Real Madrid contra a defesa do PSG


/GABRIEL BOUYS/AFP/JC
O confronto mais esperado das oitavas de final da Liga dos Campeões, disputado ontem, terminou com vitória do Real Madrid, em casa, contra o Paris Saint-Germain, de virada, por 3 a 1. Com o resultado, a equipe francesa precisa vencer por 2 a 0 o jogo de volta, marcado para o dia 6 de março, em Paris, para avançar.
O duelo entre Cristiano Ronaldo e Neymar era tão aguardado quanto o confronto entre seus clubes. O brasileiro começou o jogo muito mais ativo que o rival. Jogando com liberdade pelo lado esquerdo, Neymar levava vantagem contra seus marcadores sempre que partia em velocidade.
Após o sufoco inicial pelos espanhóis, o PSG passou a ter mais tranquilidade na saída de bola e a trocar passes no ataque. Quando o time do técnico Zidane parecia retomar as rédeas do jogo, aos 33 minutos, o atacante Mbappé fez grande jogada em velocidade pelo lado direito do ataque e cruzou para Cavani, que passou pela bola, assim como Neymar. No entanto, o meio-campo Rabiot apareceu livre de frente para o gol e colocou os franceses na frente.
Mesmo errando muito, o Real Madrid não se abateu com o gol sofrido. Após escanteio, Kroos recebeu livre pelo lado esquerdo do ataque, invadiu a área e sofreu pênalti de Lo Celso, aos 43. Cristiano Ronaldo bateu firme e deixou tudo igual.
No segundo tempo, Zidane arrumou os Merengues com as entradas de Asensio, Bale e Lucas Vázquez. Com jogadores mais leves, o Real passou a buscar a virada. E conseguiu. Aos 38, Asensio fez ótima jogada pela esquerda e cruzou forte, o goleiro Aréola cortou, mas a bola bateu no joelho de Cristiano Ronaldo e foi para a rede. Era a virada. Três minutos depois, o brasileiro Marcelo, outro destaque do time, ampliou a vantagem em forte chute.
Na outra partida do dia, o Liverpool encaminhou a classificação às quartas de final com uma goleada por 5 a 0 sobre o Porto, fora de casa. O time inglês agora pode perder o duelo de volta, no próximo dia 6, na Inglaterra, por até quatro gols de diferença que se garante na próxima fase. O senegalês Sadio Mané marcou três vezes, o brasileiro Roberto Firmino marcou um e o egípcio Mohamed Salah anotou outro.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia