Porto Alegre, domingo, 15 de março de 2020.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Agronegócios

28/02/2018 - 23h01min. Alterada em 28/02 às 22h09min

Entidades do Rio Grande do Sul aprovam funcionalidade do app Galope

A iniciativa da Secretaria de Agricultura do Rio Grande do Sul em criar um aplicativo para facilitar a emissão de Guias de Trânsito Animal (GTA) para a movimentação de equinos agradou os criadores de cavalos. Esta é a avaliação do presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Eduardo Suñe. A ferramenta foi lançada ontem, em cerimônia no Palácio Piratini.
A iniciativa da Secretaria de Agricultura do Rio Grande do Sul em criar um aplicativo para facilitar a emissão de Guias de Trânsito Animal (GTA) para a movimentação de equinos agradou os criadores de cavalos. Esta é a avaliação do presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Eduardo Suñe. A ferramenta foi lançada ontem, em cerimônia no Palácio Piratini.
"É de suma importância esta iniciativa que desburocratiza ações, facilita para quem necessita do serviço. Foi uma decisão importante para quem cria e movimenta cavalos para feiras e eventos equestres", observa.
Para o diretor do Sindicato dos Médicos Veterinários do Estado (Simvet-RS) e especialista na área de equinos, João Junior, a inovação vai representar um avanço tanto para os criadores quanto para os responsáveis técnicos dos eventos equestres. "É um programa que tem muito a dar agilidade e mobilidade para os criadores de equinos", observa.
O sindicato vai apresentar nas próximas semanas sugestões de funcionalidades para o aplicativo para que o mesmo reforce o controle sanitário dos equinos no Rio Grande do Sul. O usuário poderá informar pela ferramenta origem e destino do animal, além de constar todos os dados como foto do equino e informações sobre exames como anemia, mormo e influenza. No lançamento, o secretário da Agricultura, Ernani Polo, apresentou o app em conjunto com a analista da Procergs, Fernanda Linhares, que simulou um agendamento de trânsito de equinos.