Porto Alegre, domingo, 15 de março de 2020.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Varejo

28/02/2018 - 22h53min. Alterada em 01/03 às 10h41min

Carrefour Brasil tem lucro recorde de R$ 1,4 bilhão em 2017, alta de 12,4%

A geração de caixa atingiu R$ 1,1 bilhão em 2017

A geração de caixa atingiu R$ 1,1 bilhão em 2017


JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC
O Carrefour Brasil divulgou que teve lucro líquido de R$ 1,4 bilhão em 2017 - o maior de sua história e 12,4% superior ao do ano anterior. A geração de caixa atingiu R$ 1,1 bilhão em 2017, em função da melhora no capital de giro, explicou o Carrefour. No quarto trimestre, o lucro líquido atribuído aos acionistas controladores foi de R$ 596 milhões, alta de 11,1% sobre o mesmo período de 2016.
O Carrefour Brasil divulgou que teve lucro líquido de R$ 1,4 bilhão em 2017 - o maior de sua história e 12,4% superior ao do ano anterior. A geração de caixa atingiu R$ 1,1 bilhão em 2017, em função da melhora no capital de giro, explicou o Carrefour. No quarto trimestre, o lucro líquido atribuído aos acionistas controladores foi de R$ 596 milhões, alta de 11,1% sobre o mesmo período de 2016.
O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado consolidado teve aumento de 2,8%, para R$ 1,118 bilhão no quarto trimestre, com margem de 8,6%, ligeiramente menor que a de 8,7% no mesmo período do ano anterior. No exercício anual, o Ebitda ajustado cresceu 4,0% ante 2016, para R$ 3,516 bilhões, com margem de 7,4%, também 0,1 ponto percentual abaixo.
Em informe de resultados, a administração explica que o ajuste se deve ao fato de que, no quarto trimestre de 2016, o Carrefour Varejo reconheceu R$ 24 milhões de ganho de IPTU de anos anteriores, cujos efeitos são excluídos no Ebitda e nas despesas consolidadas com vendas, gerais e administrativas.
A receita líquida consolidada ficou em R$ 13,717 bilhões no quarto trimestre, 4,2% maior, e, no ano, totalizou R$ 50,280 bilhões, 5,8% acima de 2016, "apesar do forte impacto da deflação de alimentos", destaca o documento.
As vendas brutas, excluindo-se gasolina, subiram 5,3% no quarto trimestre, a R$ 13,6 bilhões, e avançaram 7,2% em 2017, totalizando R$ 49,7 bilhões. O Atacadão representou cerca de 65% das vendas consolidadas em 2017, ante 64,3% em 2016.